Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Jean-Marie Aurand: Estou extremamente otimista em relação ao futuro da cortiça e da rolha

9/10/2020

O testemunho do Presidente da Académie Amorim e Diretor Geral honorário da OIV (International Organisation of Vine and Wine)

Para mim a rolha de cortiça é muito mais que um vedante : quando sai do gargalo, liberta todos os aromas do vinho ao qual deu o seu contributo. É condição indispensável a uma boa degustação. Deu provas do seu valor e é um incomparável símbolo de qualidade: haverá algo melhor do que a rolha de cortiça para valorizar uma garrafa de vinho? Haverá algo que transmita melhor a emoção de uma prova?

Durante o meu percurso na OIV, viajei muito à descoberta de países vinícolas e pude notar que, por todo o mundo, a rolha de cortiça prevalece sobre outros vedantes.

A par das suas qualidades físicas em termos de elasticidade e isolamento, a cortiça tem uma virtude primordial, que não pode senão interpelar os consumidores: trata-se de um material completamente ecológico. Se não existissem florestas de sobro por toda a bacia do Mediterrâneo ocidental, todo o equilíbrio ambiental da região sairia fortemente abalado. Estima-se que esta floresta é responsável pelo sequestro de 400 milhões de toneladas de CO2. Não é possível a comparação com o plástico! Um vedante de plástico emite 10 vezes mais de CO2 E uma cápsula de alumínio, 25 vezes mais.

Estou extremamente otimista em relação ao futuro da cortiça e da rolha de cortiça, cuja produção favorece um impulso da economia, com cem mil empregos criados nesta indústria. E congratulo-me com o crescimento da Amorim que celebra os seus 150 anos.

Esta empresa soube inovar e conquistar os mercados de todo o mundo. Uma bonita trajetória, acompanhada por ações de mecenato no mundo do vinho tais como a Académie Amorim, que tenho a honra de presidir. O mundo do vinho precisa de ser apoiado e a nossa missão, na Académie Amorimm é fazer com que seja reconhecido em todas as suas dimensões, enológicas, ambientais, económicas ou jurídicas.

Incontestavelmente, redescobrimos nos dias de hoje as virtudes dos produtos naturais e a cortiça tem sem dúvida uma palavra a dizer.