Corticeira Amorim: Resiliência das Vendas (-5,2%), apesar do contexto global adverso e efeito cambial desfavorável

24 Fevereiro 2021

 

  • Rácio EBITDA/Vendas sobe para 16,6%, evidenciando evolução positiva do EBITDA face à queda das Vendas
  • Desvalorização cambial com impacto negativo na atividade
  • Dívida remunerada líquida desce 50,4 M€ para 110,7 M€
  • Resultado Líquido de 64,3 M€, um decréscimo de 4,8% (excluindo gastos não recorrentes e o efeito extraordinário positivo da US Floors em 2019)
Kit do Investidor

Ana Negrais de Matos, CFA

Representante para as relações com o mercado e com a CMVM
F. + 351 227 475 407
Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.