Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Um novo paradigma para a cortiça construído numa década

14/1/2021

Desde 2011, a Corticeira Amorim analisou quase 1000 projetos de design e arquitetura, em parceria com as mais importantes instituições e criativos mundiais, projetando e posicionando a cortiça num patamar de destaque como material de eleição para o século XXI.

Não foram mil e um projetos, mas quase. Cerca de dez anos após o lançamento da coleção MATERIA, que, em 2011, marcou o inicio de uma ambiciosa estratégia para posicionar a cortiça num patamar de destaque no mundo da arquitetura e do design mundial, a Corticeira Amorim (CA) analisou 979 projetos em parceria com as mais relevantes instituições, artistas e marcas nacionais e internacionais.

Cristina Amorim, CFO da Corticeira Amorim e uma das grandes impulsionadoras desta estratégia, recorda a importância desse primeiro projeto que despoletou tudo o resto. “Selecionámos, em parceria com a Experimenta Design, 10 destacados designers que conceberam os objetos em cortiça da coleção MATERIA, executados com perícia e perfeição. Esta coleção permitiu destacar o as propriedades, a qualidade e todo o potencial criativo desta matéria-prima, despertando um novo interesse e uma nova perceção sobre este material incrível. A partir desse momento, nunca mais paramos. Não há limites para a criatividade, nem para a cortiça.”

A cortiça, pelas mãos da Corticeira Amorim, ganhou progressivamente espaço e protagonismo nas iniciativas que marcam a agenda do design e arquitetura mundial. São exemplo disso projetos como o Serpentine Summer Pavilllion 2012, Metamorphosis, Quiet Motion dos Bourroulec para a BMWi, as várias participações no London Design Festival, a Bienal Design de Istambul, e a Hyundai Commission no Turbine Hall da Tate Gallery, entre tantos outros.

Ao longo de cerca de uma década, esta estratégia e compromisso da Corticeira Amorim permitiu a colaboração com milhares de stakeholders relevantes nestas áreas. Instituições como o Vitra Design Museum e o V&A Museum. Grandes insígnias como a Timberland, Google e IKEA. Meios especializados como a Wallpaper e nomes incontornáveis do setor como Jasper Morrison, Lars Beller, Tom Dixon, Nacho Carbonel e Joana Vasconcelos. Uma lista interminável de entusiastas da cortiça que frequentemente nos lançam novos e arrojados desafios.

Para além dos projetos criativos, a Corticeira Amorim dedicou também especial atenção à ampliação do conhecimento da cortiça junto desta comunidade - a de hoje e a do futuro -, realizando e participando em diversas formações e workshops, em parceria com instituições como o Domaine de Boisbuchet, o Royal College of Art e a Rhode Island School of Design (RISD). A estas ações de formação somam-se ainda várias publicações, como os livros Metamorphosis, Amorim: The Future is Our Present e o The Cork Book, cujo design arrecadou vários prémios internacionais, incluindo uma menção honrosa no Compasso d’Oro.

O ano 2020, marcado pela pandemia provocada pela Covid-19, obrigou a adiar várias iniciativas. Falamos, por exemplo, da Bienal de Arquitetura de Veneza e do Surpentine Summer Pavilion, cujas próximas edições terão o apoio da Corticeira Amorim e a cortiça em destaque. Espera-se que 2021 seja o ano em que estes e muitos outros projetos possam finalmente ganhar vida.