Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Corticeira Amorim parceira de diversas iniciativas da Milan Design Week

Milão 15/4/2015

Assegurando, pela 5ª vez consecutiva, projeção para a cortiça nacional no maior certame mundial de design:

  • Lunch Box: um projeto realizado em parceria com a Nova Academia de Belas Artes de Milão, a NABA , uma das mais carismáticas universidades de design do mundo;
  • Exit: um sistema modular de revestimento de paredes ou pisos, desenvolvido por StudioIrvine para MatteoBrioni, que conjuga materiais naturais como cortiça, terracota e mármore com terra crua;
  • Exposição de homenagem a James Irvine: com dois projetos que o conceituado designer desenvolveu para a Corticeira Amorim.

 A Corticeira Amorim volta a marcar presença na Milan Design Week, amplamente reconhecida como o maior palco de referência internacional de design. De 14 a 19 de abril, e pela mão de uma comunidade cada vez mais alargada de designers, consagrados e emergentes, serão apresentados projetos inovadores de cortiça, que exploram as características naturais, técnicas e estéticas do material.

Lunch Box é uma das iniciativas do projeto T R A N S I T design for the city que, tirando partido do fenómeno internacional de almoço "take away", apresenta novos modelos de lancheiras de cortiça. Este projeto, que teve curadoria do T12 Lab e foi concebido pelos alunos de design da NABA (Nueva Academia Belle Arti di Milano), explora no entanto um conceito mais amplo do que o da criação de uma Lunch Box, sensibilizando para a necessidade de se reduzir a produção de desperdícios, um dos maiores desafios com que se depara a sociedade ocidental contemporânea.

Segundo a curadora Dominique Kuroyanagi, a utilização de cortiça no Lunch Box foi motivada pelo conceito que originou o projeto, sendo imperativo usar-se "um material natural, com ótimas qualidades em termos de isolamento e 100% reciclável." Por sua vez, Lucia Cavalieri, tutora do workshop, destaca que "uma vez em contacto com a cortiça, facilmente se percebe a qualidade que este material natural pode esconder."

Exit é um projeto desenvolvido pelo StudioIrvine para MatteoBrioni, um designer reconhecido pela sua ligação aos materiais naturais, e que apresenta um novo sistema modular, que funciona como revestimento de paredes ou de pisos. Concebido com materiais como cortiça (ainda em fase de protótipo), mármore e terra cota, que se misturam com terra crua, Exit foi concebido tendo por base uma paleta de cores próxima dos tons da argila e apresenta uma textura natural. O uso de cores terra, as diversas configurações possíveis, a gama de materiais de alta qualidade são os ingredientes que fazem do Exit um sistema altamente personalizável.

E, nesta semana em que Milão de transforma na cidade do design, o Museo do Novecento apresenta a exposição "James Irvine. Um Inglês em Milão", uma homenagem ao conceituado designer de produto britânico, que contou com o patrocínio da Corticeira Amorim. Sob a curadoria de Maria Cristina Didero e Marco Sammicheli, a mostra privilegia as famosas "treasury boxes" de James Irvine e reúne os principais trabalhos do designer, assim como protótipos, esquiços e diferentes materiais estudados. De entre os projetos apresentados, surgem com destaque as duas peças que James Irvine desenvolveu para a Corticeira Amorim, pouco antes da sua morte prematura: SIX, a mini garrafeira transportável da coleção MATERIA, que foi lançada em 2014 e STOW IT, um módulo de parede, que integrou o projeto Metamorphosis, em 2013, duas evidências da ligação do designer a este material natural.

Segundo Carlos de Jesus, Diretor de Comunicação e Marketing da Corticeira Amorim "O facto de na Corticeira Amorim sermos desafiados a ser parte integrante de diversas iniciativas daquele que é o principal evento de design do mundo é um sinal claro não só da notoriedade que a cortiça detém nos dias de hoje, mas também uma validação da estratégia da empresa, que há muito identificou esta área como sendo de grande potencial."

De notar que desde 2011, ano em que a Corticeira Amorim lançou neste palco de Milão a coleção MATERIA, a Empresa tem estado permanentemente representada no evento. Em 2013, a Corticeira Amorim foi parceira da BMWi e dos designers Ronan & Erwan Bouroullec, que, juntos, criaram uma instalação em cortiça representativa de um conceito visionário de mobilidade sustentável e, no ano passado, a Empresa juntou-se à Wallpaper e ao designer norte-americano Todd Bracher, que resultou na apresentação de um modelo de casacos de cortiça.