Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Políticas e Sistemas de Gestão

As Políticas adotadas pela Corticeira Amorim refletem um conjunto de compromissos voluntários da empresa em matéria de ética e de responsabilidade económica, ambiental e social. Consubstanciam, No conjunto, as responsabilidades assumidas pelas diversas empresas no âmbito de um modelo de gestão que preconiza uma competitividade responsável.

Promover a Dignidade Humana

A Corticeira Amorim assume como princípio estruturante de toda a sua atividade o respeito pelos Direitos Humanos: a dignidade, a não discriminação, a igualdade de direitos, a segurança e o bem-estar, a educação, o desenvolvimento pessoal e profissional, a liberdade de associação.

A Corticeira Amorim compromete-se e empenha-se em construir e fomentar um quadro de respeito pelos valores fundamentais dos Direitos Humanos (tal como enunciados pela Organização das Nações Unidas) e do Trabalho (tal como enunciados pela Organização Internacional do trabalho), de carácter imperativo para todo o Grupo e que, progressivamente, se propague às demais partes interessadas, nomeadamente colaboradores, parceiros, clientes e fornecedores.

Neste quadro, a Corticeira Amorim assume o compromisso de:

  • Respeitar a Declaração Universal dos Direitos Humanos e as Convenções da Organização Internacional do Trabalho;
  • Agir em conformidade com a legislação e a regulamentação em vigor, no estrito respeito pelos direitos humanos e as práticas laborais dignas;
  • Inserir, progressivamente, maior exigência nos acordos celebrados com partes interessadas visando sensibilizar e propagar o respeito por estes valores na sua esfera de influência.

Gestão e Motivação de Pessoas

As políticas e práticas de Gestão de Pessoas da Corticeira Amorim orientam-se para a promoção de ambientes de trabalho seguros, saudáveis e equilibrados do ponto vista físico, social e psicológico, onde os colaboradores se sentem estimulados para atingir altos níveis de desempenho, alcançando patamares de realização e de desenvolvimento pessoal e profissional que correspondem às suas expectativas.
Na prossecução destes objetivos a Corticeira Amorim:

  • Adota e assume o principio da liberdade de associação;
  • Promove um ambiente de trabalho física, social e psicologicamente seguro e saudável, procurando continuamente evoluir através da adoção das melhores técnicas e práticas neste domínio;
  • Fomenta a implementação dos princípios e a adoção dos comportamentos evocados no Código de Ética e Conduta Profissional e nos compromissos públicos assumidos com a sociedade em geral, que deverão caracterizar as relações internas entre colaboradores, bem como as interações destes com os diferentes stakeholders;
  • Implementa práticas de gestão de pessoas no âmbito do recrutamento e do desenvolvimento de competências que promovem a não descriminação de qualquer natureza e a igualdade de oportunidades, construindo contextos de trabalho onde a pluralidade e a diferença sejam um fator de melhoria e inovação contínuas;
  • Adota práticas de liderança pelo exemplo, que valorizam a aprendizagem e a evolução, e práticas de reconhecimento e de compensação baseadas no mérito e isentas de juízos de natureza discriminatória.

Responsabilidade Ética e Conduta Profissional

A Corticeira Amorim tem formalizado, desde 2013, um Código de Ética e Conduta Profissional, que é alvo de reflexão regular. Este código formaliza o conjunto de regras e orientações que devem pautar o desempenho das atribuições profissionais de todos os Colaboradores da Corticeira Amorim, bem como as relações internas (com demais Colaboradores) e externas (Clientes, Fornecedores, Prestadores de Serviços, e Instituições Publicas e Privadas).

Responsabilidade para com os Stakeholders Externos

  • Promover a satisfação e fidelização dos clientes através do desenvolvimento de produtos e serviços diferenciadores e competitivos;
  • Garantir a criação de valor para os acionistas no médio e longo prazo através de uma competitividade responsável;
  • Manter um relacionamento de confiança com as partes interessadas, nomeadamente fornecedores, clientes e sociedade em geral.

Responsabilidade pelo Produto

A Corticeira Amorim tem implementado nas diversas UN sistemas de controlo rigorosos que lhe permitem cumprir com os requisitos extremamente exigentes de indústrias como a alimentar, a automóvel, a elétrica e eletrónica, a aeronáutica, a aeroespacial, a construção, entre outras.

Neste âmbito, a atuação da empresa visa garantir a qualidade, assente na melhoria contínua dos processos, produtos e serviços disponibilizados e na procura de soluções inovadoras apoiadas no desenvolvimento tecnológico, de forma a responder às necessidades do cliente com soluções competitivas e diferenciadoras.

Inovação

A Corticeira Amorim assume uma Política de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI) orientada pelos seguintes princípios:

  • Desenvolver novos produtos e mercados para a cortiça;
  • Procurar novas soluções tecnológicas, a nível de produto e de processos, em parceria com Clientes, Fornecedores e outras entidades;
  • Reforçar a notoriedade das suas marcas com evolução constante da oferta em resposta às novas tendências de mercado e de consumo;
  • Promover uma cultura de inovação, através de um ambiente propício à criatividade, espírito crítico e de iniciativa dos seus Colaboradores, fomentando o trabalho em equipa e entreajuda transversal;
  • Criar um ambiente de incentivo à ousadia, assumindo o risco e o insucesso como uma componente do processo de inovação;
  • Valorizar práticas inovadoras;
  • Providenciar formação contínua dos Colaboradores no sentido da sua realização profissional e pessoal;
    Facilitar a comunicação, interna e externa, estabelecendo novos e melhorados canais para troca de informação;
  • Procurar implementar as melhores práticas de gestão e monitorizar, de forma contínua, os seus processos, identificando oportunidades de melhoria.

Responsabilidade Ambiental

A Corticeira Amorim, para além de beneficiar de uma dádiva da Natureza - a cortiça -, tem pautado a sua actividade pela adoção e reforço de práticas de desenvolvimento sustentável ao longo da cadeia de valor:

 

Como em qualquer outra atividade industrial, os processos de transformação têm associados impactos ambientais. De forma a minimizar este impacto, e em coerência com os seus princípios e práticas de gestão sustentável, no ano 2013, a Corticeira Amorim estabeleceu a sua declaração e compromisso ambiental, comum a todas as Unidades de Negócio (UN) e participadas, nos termos que de seguida se apresentam:

  • Garantir o cumprimento dos requisitos legais, bem como de outros requisitos que a organização subscreva, aplicáveis aos aspetos ambientais das suas atividades, produtos e serviços;
  • Controlar os aspetos ambientais significativos, contribuindo para a prevenção da poluição;
  • Atuar proativamente identificando, avaliando e colocando em prática as medidas preventivas adequadas à minimização dos impactos ambientais específicos de cada atividade, utilizando, sempre que viável, as melhores práticas e tecnologias disponíveis. 

Responsabilidade na Cadeia de Fornecedores

Dar preferência, sempre que possível, a fornecedores que providenciem matérias-primas segundo boas práticas de sustentabilidade - sociais e ambientais, quer no que diz respeito à sua origem, quer nos processos de exploração.

No que respeita a matérias-primas não cortiça, a empresa tem definida uma metodologia para a pré-qualificação, qualificação e avaliação de fornecedores, em que são incorporados Índices de responsabilidade social (IRSoc) e de responsabilidade ambiental (IRAmb): um fornecedor será qualificado para fornecer a Corticeira Amorim em função da qualidade dos fornecimentos, dos prazos de entrega e dos seus índices de responsabilidade social e de responsabilidade ambiental.

Metodologia de Avaliação do Índice de Responsabilidade Social (IRSoc)

O IRSoc é calculado em função da percentagem de requisitos cumpridos pelo fornecedor. Caso o fornecedor seja certificado pela norma NP 4469, terá 100% do IRSoc. Por cada requisito a que o fornecedor não se comprometa cumprir, ser-lhe-á retirado 25% ao IRSoc.

Em matéria de responsabilidade social, as empresas que pretendam fornecer a Corticeira Amorim devem assumir o compromisso de:

  • Não violar a privacidade ou perder dados dos clientes, nomeadamente das empresas da Corticeira Amorim;
  • Não recorrer a trabalho infantil;
  • Não recorrer a trabalho forçado ou por obrigação;
  • Não praticar qualquer tipo de discriminação.

Metodologia de Avaliação do Índice de Responsabilidade Ambiental (IRAmb)

O IRAmb é calculado em função da percentagem de requisitos cumpridos pelo fornecedor. Caso o fornecedor seja certificado pela norma ISO 14001, terá 100% do IRAmb. Por cada requisito a que o fornecedor não se comprometa, cumprir, ser-lhe-á retirado 25% ao IRAmb.

Em matéria de responsabilidade ambiental, as empresas que pretendam fornecer a Corticeira Amorim devem assumir o seu compromisso de:

  • Reduzir os resíduos e os efluentes;
  • Manusear químicos de forma ambientalmente segura;
  • Manusear, armazenar e reencaminhar os resíduos perigosos de forma ambientalmente segura;
  • Contribuir para a reciclagem e reutilização de materiais e produtos.

Combater a Corrupção

A Corticeira Amorim desenvolve a sua atividade de forma ética, íntegra e transparente. Os seus resultados advêm da sua visão de gestão, da eficiência dos seus processos, da contínua inovação, do profissionalismo e competência da sua equipa, da competitividade da sua oferta no mercado e da sua reputação.

A Corticeira Amorim exige a toda a sua Equipa – sem exceção – uma atuação consentânea com estes princípios, no escrupuloso cumprimento da legislação e regulamentação em vigor (qualquer que seja a geografia onde se desenvolva atividade ou se relacione com outras entidades), do Código de Ética e Conduta Profissional do Grupo Corticeira Amorim e das boas práticas comumente aceites.

De todos espera integridade, honestidade e lealdade. A todos exige conformidade com estes princípios. De todos espera a denúncia de qualquer tentativa de corrupção (ativa ou passiva), pelos meios e com as garantias previstas na Política de Comunicação de Irregularidades.

A Corticeira Amorim empenha-se na progressiva inclusão de requisitos nestas matérias nos acordos comerciais, contratos e parcerias estabelecidos com terceiros, propagando a adoção desta política a toda a cadeia de valor e reduzindo o risco interno associado.

O alinhamento estratégico da Corticeira Amorim é potenciado pela utilização da metodologia do balanced scorecard, competindo ao Conselho de Administração a aprovação dos objetivos e iniciativas estratégicas. Para garantir uma gestão efetiva dos aspetos ambientais e sociais, orientada para a concretização dos objetivos estratégicos, as empresas do grupo têm implementado as políticas e os sistemas de gestão mais adequados aos riscos não financeiros que as suas atividades integram.

Atualmente, encontram-se certificados diferentes subsistemas de gestão, nas diferentes empresas, conforme ilustra o quadro resumo: