Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Corticeira Amorim investe 10 M€ no reforço da capacidade de produção de Hydrocork

Portugal 14/3/2017

Nova tecnologia estará operacional no início de 2018 e permitirá à empresa aumentar a capacidade de produção industrial de pavimentos em quatro milhões de m2

Apenas dois anos após o lançamento da inovadora gama de pavimentos premium Hydrocork, da marca Wicanders, a Corticeira Amorim está a investir 10 milhões de euros no reforço da sua capacidade de produção. Esta decisão reflete a grande recetividade do mercado a Hydrocork, em inúmeras geografias, que culminou num crescimento de vendas muito rápido e que faz deste produto um dos que apresenta, na história da Corticeira Amorim, a mais rápida penetração de mercado. 

António Rios de Amorim, Presidente e CEO da Corticeira Amorim, afirma que "Este investimento visa dotar uma das áreas de negócio mais relevantes da Corticeira Amorim de uma capacidade de resposta robusta às solicitações do mercado. A tecnologia em causa é ainda mais relevante na medida em que potencia os processos de I&D para uma nova geração de compostos de cortiça verdadeiramente inovadores.”

O forte crescimento de Hydrocork está alicerçado nas suas vantagens competitivas, que têm sido extremamente bem percecionadas pelos clientes, nomeadamente pelo facto de: ser à  prova de  água, ter uma reduzida espessura e consequentemente ser de fácil e rápida instalação, a que se juntam os inúmeros benefícios da tecnologia Corktech (isolamento térmico e acústico, bem-estar corporal, conforto e resistência ao impacto). Além disso,  gama Hydrocork apresenta ainda uma garantia vitalícia para uso doméstico. Estas características, por um lado, permitem estender a utilização de um pavimento com cortiça a divisões como a cozinha e a casa de banho, e, por outro lado, fazem de Hydrocork uma opção de alto valor acrescentado para o mercado da reabilitação.

Com a nova tecnologia, a Corticeira Amorim passará, a partir de 2018, a deter uma capacidade de produção própria adicional de quatro milhões de metros quadrados de pavimentos por ano. Paralelamente, com a nova linha industrial será possível desenvolver um aglomerado de cortiça isento de PVC e com emissões reduzidas de CO2.

Por fim, a nova tecnologia possibilitará também uma gama mais ampla de espessuras, densidades e larguras.